Muitos se perguntam: Como ter boa saúde mental e física após a pandemia e como manter uma mente jovem e saudável por toda a vida?

Assim teríamos sucesso na prevenção contra os sintomas da doença de Alzheimer e ajudaria até mesmo no tratamento destes pacientes.

Numa publicação científica, divulgada pela ScienceDaily, e adaptada pelo excelente site brasileiro HypeScience, forneceram dicas preciosas.

Esta publicação destaca um estudo feito por especialistas que ajudou a melhorar e reverter a perda da memória em pacientes com sintomas de Alzheimer.

Estima-se que cerca de 30 milhões de pessoas no mundo apresentam sintomas de Alzheimer e estão sem perspectiva de cura ou de um tratamento eficaz.

Por isso é tão importante nos preparar desde agora, para manter a nossa saúde mental no trabalho e vamos ajudar você nisso com estas 14 Dicas Incríveis.

É Possível Reverter alguns Sintomas do Alzheimer?

Por meio de um programa terapêutico, de relativa complexidade, 90% dos pacientes sentiram algum tipo de melhora, num período de 3 a 6 meses.

Cerca de 60% dos pacientes retornaram ao trabalho, com melhora no desempenho, após terem saído dos seus empregos devido os sintomas do Alzheimer.

É mencionado o caso de uma paciente que estava a dois anos com perda progressiva de memória e conseguiu reverter o seu quadro clínico após o tratamento.

Tem o caso de outra que estava tão ruim que registrava tudo num iPad e acabou esquecendo a senha do aparelho. Ela também conseguiu melhorar muito a sua saúde mental no trabalho.

Quando se toma um remédio para o Alzheimer, é normal atacar apenas um dos problemas. Porém a doença é complexa e muitas vezes o remédio não resolve problemas específicos.

Ter mais Saúde Mental e Prevenir os Sintomas da Doença de Alzheimer

Imagine uma rua cheia de buracos, o remédio pode ajudar a tapar muito bem um dos buracos, porém a rua vai continuar esburacada.

14 Dicas que Ajudam a Melhorar a Saúde Mental

Dessa forma o estudo encontrou 36 componentes que ajudam tanto na Saúde Mental, como ajudam a reverter os sintomas do Alzheimer.

Porém devido a complexidade, vamos comentar apenas os 14 componentes principais, que são:

  • Eliminação de carboidratos simples, com perda de 9kg no peso;

Quando o corpo não tem carboidratos para digerir, começa a queimar gordura, a fome fica menor, os músculos ficam mais fortes, temos mais disposição e energia.

Quanto menos peso o corpo carregar, a pessoa tende a ser mais saudável.

  • Aumento de vegetais, frutas e peixes e eliminação de glúten e alimentos processados;

Em recente reportagem da Globo sobre o pão, pesquisadores relatam os efeitos maléficos do glúten no organismo. Isso coincide com o livro que mudou a minha forma de ver o pão, intitulado “Saúde Total“.

Este livro é uma continuação do campeão de vendas “Barriga de Trigo” do Dr. William Davis, que ajuda o leitor a assumir o comando da vida e da saúde, após os estragos do trigo.

Em resultado disso, foram eliminados os alimentos processados, como os enlatados de forma geral, alimentos preservados em salmoura, frutas em calda, carne seca, toucinho e pães feitos de farinha de trigo.

  • Redução do estresse com a pratica do Yoga;
  • Meditar duas vezes por dia, durante 20 minutos;

Há muito tempo que sou fã da Meditação e cheguei a escrever sobre minha experiência pessoal.

Contudo não chega a ser igual ao Yoga, mas possui princípios análogos no processo de descansar a mente e amenizar o estresse.

Além disso produz melhoras na clareza mental, aumenta a criatividade e outros benefícios para a saúde mental que são comprovados pela ciência.

A Importância de Dormir Bem para a Saúde Mental

Até agora vimos os primeiros quatro elementos, o próximo está relacionado com o sono:

  • Toda noite tomar Melatonina;
  • Dormir de 7 a 8 horas por noite;

Confira sobre como a Melatonina me ajudou a vencer a minha enxaqueca de anos e a melhorar a qualidade do meu sono.

Por ser um remédio natural e barato, estou conseguindo dormir bem melhor, depois que comecei a tomar Melatonina todas as noites.

A melatonina é um hormônio produzido pela glândula pineal e tem a função de regular nosso relógio biológico.

Melatonina ajuda no sono e a prevenir o Alzheimer

Suplementos Alimentares para a Saúde Mental

Vamos falar de mais 2 itens, relacionado com suplemento alimentar que ajudam na saúde mental:

  • Tomar metilcobalamina todo dia;

A metilcobalamina é uma forma de vitamina B12. Eu tomo diariamente uma dosagem de Complexo B Concentrado, recomendado por um médico quando era criança.

Percebo nitidamente que meus neurônios tem mais facilidade de fazer sinapses. E inteligência não é a quantidade de neurônios, mas sim de sinapses.

Infelizmente, com a minha dislexia, acho que somente ajuda o “Tico e Teco” a conversarem melhor. Hehehe…

  • Tomar vitamina D3 todo dia;

A melhor fonte de vitamina D é a exposição aos raios do nosso querido sol. O sol é o responsável por 80 a 90% da vitamina D que o corpo recebe.

É recomendada a exposição ao sol, durante cerca de 15 a 20 minutos ao dia pelo início da manhã e no final da tarde, sem protetor solar e com o mínimo de roupa possível.

Eu tento explorar o máximo isso, fazendo minhas leituras no banco da pracinha do prédio e depois subir os 7 andares até o meu apartamento.

Por exemplo, no caso da vitamina D3 encontramos em alguns alimentos de fonte animal, como peixes mais gordurosos e gema do ovo ou então por meio de suplementos alimentares.

Alimentação que Ajuda nas Funções Mentais

Os próximos 2 itens para uma boa saúde mental são:

  • Tomar óleo de peixe todo dia;

Nessa eu dancei! Embora saiba que o óleo de peixe fornece ao corpo ômega 3 que é essencial para a função cerebral.

Além disso, não são todos os peixes que contém o nutriente, somente aqueles que vivem em águas profundas e frias, devido a sua alimentação natural.

Alimentos para ajudam na Saúde Mental e a Prevenir a Doença de Alzheimer

Neste caso, tento comer peixes de alto mar, como a sardinha (ah! a sardinha portuguesa!) e o atum.

  • Tomar CoQ10 todo dia;

Também conhecido como Coenzima Q10 é um nutriente naturalmente presente nas células do nosso corpo. Ela auxilia na reparação das células, produção de energia e ação antioxidante.

Em outras palavras, está presente em órgãos que necessitam de muita energia como o coração, rins, fígado e cérebro!

Alguns alimentos como nozes, frutas, vegetais, amendoim, soja, peixe, carne e cereais integrais contém a coenzima Q10, mas a suplementação também é uma opção.

Se quiser saber mais sobre a alimentação que ajuda na saúde mental, recomendamos a leitura do livro:

Os 7 pilares da saúde alimentar: Aprenda a resgatar uma relação saudável com a comida e o corpo por meio da mudança de hábitos“.

A autora, Sophie Deram, é uma ativista contra as dietas restritivas e defensora do prazer de comer e do comer consciente.

Este é um guia indispensável para você se reconectar com a sua sabedoria corporal e retomar as rédeas da própria saúde mental.

Mudanças de Hábitos para uma Vida Saudável

Vamos falar agora dos 4 últimos itens da pesquisa:

  • Melhorar a higiene bucal;

Tem vários relatos, tanto da minha amiga dentista Lilian, como de amigos, que tiveram vários problemas de saúde devido a falta de higiene bucal correta.

Em outras palavras, é necessário escovar os dentes pelo menos três vezes ao dia durante 2 minutos para remover a placa dos dentes e não esquecer de usar o fio dental.

A minha dentista até fala, se a gente lava o carro pelo menos uma vez por semana, deveríamos também ter o cuidado de fazer uma limpeza odontológica de tempos em tempos.

  • Continuar na reposição hormonal;

As mulheres após os 50 anos passam pela privação de hormônios, trazendo consigo um grande dilema para medicina que é a reposição hormonal.

Portanto é um tópico polêmico, apenas o seu médico pode avaliar a necessidade real de uma terapia de reposição hormonal.

  • Jejum de 12 horas entre jantar e café da manhã e jejum de 3 horas antes de dormir;

Alguns chamam de Jejum intermitente, que é um método que visa intercalar períodos de jejum com períodos de alimentação.

Portanto o objetivo é fazer com que o corpo utilize os estoques de gordura e com isso haja uma perda de massa gorda.

Infelizmente, ministrando minhas aulas na Universidade no período da noite, chego com uma fome respeitável, o que me leva a dormir bem mais tarde.

O que me ajudou bastante foi aplicar os princípios do livro: “Guia do Jejum Intermitente” em português.

Há diferentes formas de jejum intermitente, porém você deve buscar o tipo de jejum que melhor se encaixa para você e para sua saúde mental.

Por exemplo, há o jejum 16-8 onde você jejua por 16 horas e depois come suas refeições nas 8 horas restantes. Foi este tipo de jejum intermitente que me ajudou a emagrecer e manter a boa saúde.

  • Exercitar-se por mais de 30 minutos de 4 a 6 vezes por semana;

Por exemplo, veja sobre pessoas que tiveram sucesso nos negócios e na vida, e que seguiam este importante hábito.

Alguns Sintomas do Alzheimer tem Cura

Em conclusão vimos que vários hábitos saudáveis, alimentação correta, suplementação e orientação médica são essenciais para ter saúde mental por toda a vida.

Este livro “O fim do Alzheimer: O primeiro programa para prevenir e reverter o declínio cognitivo” transformará de forma fundamental como tratamos, prevenimos e pensamos sobre o Alzheimer.

O livro mostra de forma detalhada como reequilibrar esses mecanismos, ajustando nosso estilo de vida, níveis de hormônio, estresse e qualidade do sono. Os resultados são impressionantes!

Este estudo provou que é possível REVERTER alguns sintomas da doença de Alzheimer.

Apesar de ser uma lista fácil de seguir, ela é ao mesmo tempo difícil, especialmente os tópicos relacionados com a mudança de hábitos.

Todavia os pesquisadores asseguram que além de contribuir para a saúde mental, não tem praticamente nenhum efeito colateral.

Pelo contrário, melhora na saúde em geral e na disposição para a retomada à vida. Vale a pena realizar muitos desses procedimentos!

100 Dicas Simples e Poderosas para ter Boa Saúde Mental

Se quiser mais dicas sobre saúde mental e prevenir o Alzheimer, recomendamos o livro “100 dicas simples para prevenir o Alzheimer“, da jornalista americana Jean Carper.

100 atitudes simples que podemos tomar para tornar nosso cérebro mais resistente e protegido contra as doenças neurodegenerativas associadas à idade.

Muitas pessoas acreditam que não há nada que se possa fazer para prevenir o Alzheimer. Mas os cientistas estão provando que isso não é verdade.

Estudos recentes mostram que, com o estímulo certo, as chances de demência se reduzem de forma drástica. A cura ainda não existe, mas a ciência vem mostrando que a prevenção pode evitar o aparecimento dos sintomas.

Pequenas ações diárias, em muitos casos prazerosas, podem fazer toda a diferença para que você envelheça de forma lúcida e saudável.

Várias pessoas tem procurado na Internet ajudas para prevenir e manter a saúde mental no trabalho, especialmente após a pandemia.

Acredito que alguns itens já fazem parte do seu dia a dia, só terá que acrescentar mais alguns.

Dessa forma, não precisa fazer tudo de uma vez, vai aos poucos e com a orientação médica. Assim você terá sucesso em ter boa saúde mental no trabalho ou aonde seja.

Em conclusão, queremos que chegue logo o tempo que poderemos dizer com convicção que o Alzheimer tem cura e ver nossos idosos com perfeita saúde mental.